Final da copa e eu no mundo de Remígio

França 4 x 2 Croácia e Seu Belino 8.2!

É, Europa, parece que este é um número difícil de alcançar. Em qualquer continente, inclusive. Não tem coxa musculosa que chute pra chegar lá. Mas, esta é uma conta que fecha fácil fácil para os moradores do interior. Seu Belino Souto, é um agricultor simpaticíssimo e muito bem humorado, da cidade de Remígio, no brejo paraibano. Deve ser o frio que o conserva assim. Só não preserva o gosto pelo futebol. Pode ser o jogo que for e ele nem  aí. Na final da Copa do Mundo da Rússia, os jogadores da França e Croácia se estabacando em campo e ele, nem nem. Ficava era aperreando o povo pra ir pro sítio.

– Pera, pai! O jogo tá já terminando.

– Oh leseira, ficar esse povo tudim em frente a televisão, olhando esses caba besta correndo pra lá e pra cá, atrás de uma bola? Nam!

Seu Belino se referia a essa turma aqui da qual euzinha e meu filho, Ian, estávamos incluídos. Pia!

Mas, o que estávamos fazendo nas bandas frias da nossa linda Paraíba? É que no sábado (14), fui apresentar o  standup no aniversário de 77 anos de dona Geraldina Luna, uma professora super conhecida na cidade. Ela e seu Belino são casados há mais de 60 anos. E, diferente dele, ela adora jogo. Durante toda a partida ficou com os “oi” grelado na tv. E viva as diferenças!

A festa foi no sábado à noite e no domingo, de meio-dia, eu ainda tava por lá. Porque interior é isso, né! Tudo vira festa! Imagine quando tem motivo de sobra pra festejar, como no aniversário de dona Geraldina?

Quando Francielle (Cielle), filha dela e minha ex-colega de Residência Universitária, me convidou pra transformar a história de dona Geraldina em munganga, confesso que fiquei toda me tremendo porque era um grande desafio. Mas, aceitei, infinquei a cara nos estudos da vida dela e tome munganga aparecendo de tudo que era lado. Foi um momento maravilhoso.  Arrancar sorrisos da aniversariante que não tava nem sabendo que ia ter minha apresentação, foi bom demais. Assim como de seu Belino também que passou o show todo com o sorriso de orelha a orelha e eu, tome a me amostrar:

– Eitcha, que seu Belino tá é gostando. Não para de rir.

Foi quando alguém fez o gesto que eu tinha que falar mais alto porque ele é meio moco.

Minino, pois eu passei o resto da apresentação me esgoelando.

Varei! Pra onde eu me bulo só sai munganga.

Desde o tripé de cabo de vassoura e petti, uma invenção do meu sobrinho, Sandi; passando pela foto com os garçons e o dono do Espaço Duda Festas, que durante a pose, dizia: – vai logo! Ela é pesada! Até chegar nas crianças. Depois do show, fui brincar um pouco com elas. Perguntaram de onde eu era e brinquei dizendo que era dos Estados Unidos. Como tinha uma de vestido azul, perguntei se era a Frozen. Respondeu que sim e a outra pinotou de lá e disse: – e eu sou a “Lerigô”. Aí eu, como “sou poliglota”, perguntei: – e quem é essa? Aí as duas, ao mesmo tempo: – oxe, você é dos Estados Unidos e não sabe?

Vai, bixinha! Acho é pouco!

Confira alguns retratos da noite memorável, cheia de mungangas!

 

 

 

 

 

 

 

 

Tenho a impressão que saí de Remígio e por lá ficou um rastro de munganga. Pois olhe o que Duda da Casa de Recepções inventou. Uma festa com amigos das antigas. Já que alguns já tão na fase de só falar em remédio, doença, etc e tal, ele teve a ideia de arrumar a festa, acrescentando como decoração caixa de remédio e elementos que lembrem “socorros dos últimos dias”.

“Aqui você tem como primeira opção tomar cachaça; se não puder, vai pro remédio e, se não puder beber mais nada, a última alternativa é rezar um terço pro anjo da guarda”, brincou Duda.

Ah cabinha munganguento, viu! Repara!

13 thoughts on “Final da copa e eu no mundo de Remígio

  1. Romye querida…

    Vc foi especial com o Mungunga pra nossa FAMÍLIA &amigos. Valeu demais! Alegrou demais! Deixou a marca da alegria, da animação, do carinho com sua arte. Vc é muito especial. Sua energia vibra…meu pai, Belino Souto, minha mãe Geraldina Luna ( aniversariante), meus irmãos, amigos, ainda perguntando: cadê aquela sua amiga, animada??? Gostei muito dela!!!
    Que vc, na sua arte, encante e alegre a todos. Felicidade pra todos nós!!! Valeu revê-la, valeu esse momento muito
    especial. !!

  2. Caramba Romye! Tô sem saber o que comentar… O passa fora das meninas em você 😁 Yan que quase não reconheci de tanto que cresceu nesse último ano, e tá um 🐈, “Seu Belino” uma figura! E essa família? Realmente muito criativa, animada e amorosa, festejar com você que é pura alegria… No entanto a sua foto com os garçons… Para dar um toque de Diva a todo esse momento simples, alegre, festivo, momento especial. Bem você: amigos, alegria e festa! Beijo

  3. Romye muito massa esse texto! Que festa boa foi essa da aniversariante Sra. Geraldina. Hoje me bateu uma saudade da nossa terrinha então ao som de Maciel Melo e Petrucio Amorim (voz e violão) que tocava aqui no meu toca-cd resolvi deitar na rede e passei a lê seu blog quando deparei com esse texto do aniversário da Sra. Geraldina. Apesar da gente morar a mais de dois mil quilômetros de distância que nos separa da querida PB temos seus textos que faz a gente entrar neles e viver um momento de prazer da nossa terrinha. Mais gostoso fica lendo ao som desses grandes artistas nordestinos (Maciel Melo e Petrucio Amorim). Obrigado prima por esse momento de leitura salutar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *